Pence apela à China para que respeite as leis de Hong Kong

O vice-presidente dos EUA, Mike Pence, apelou à China para que respeite as leis de Hong Kong, uma vez que os protestos em grande escala continuam no território chinês.

Image © (Vice-presidente norte-americano, Mike Pence / Reprodução / via NHK World) Aug/2019

Pence apela à China para que respeite as leis de Hong Kong

O vice-presidente dos EUA, Mike Pence, apelou à China para que respeite as leis de Hong Kong, uma vez que os protestos em grande escala continuam no território chinês.

Há preocupações crescentes nos Estados Unidos de que Pequim possa usar a força armada contra manifestantes em Hong Kong que se opõem a um controverso projeto de extradição.

A China enviou policiais armados para a cidade de Shenzhen, vizinha de Hong Kong.

Em um discurso no Estado norte-americano de Michigan, na segunda-feira (19), Pence disse que Pequim precisa honrar seus compromissos, incluindo os assumidos por meio da Declaração Conjunta Sino-Britânica de 1984, para respeitar a integridade das leis de Hong Kong.

Ele advertiu que será muito mais difícil para os EUA fazer um acordo comercial com a China se algo violento acontecer em Hong Kong.

Pence também disse que a administração dos EUA continuará a exortar Pequim a agir de forma humanitária e que a China e os manifestantes resolvam suas divergências pacificamente.

O Governo chinês afirma que o problema em Hong Kong é uma questão puramente interna.

O governo dos EUA parece querer pressionar a China sobre a questão de Hong Kong, uma vez que as tensões comerciais entre os dois países continuam.