Onda de calor no Japão já deixa 39 mortos

Ao longo de 6 dias, uma onda de calor no Japão, já deixou 39 mortos.

Image © (Pedestres em Shibuya, Tóquio / Reprodução / via Agência Sputnik) Aug/2019

Onda de calor no Japão já deixa 39 mortos

Ao longo de 6 dias, uma onda de calor no Japão, já deixou 39 mortos.

A temperatura continua subindo, nesta quarta-feira (7), a capital japonesa registrou 35º celsius de máxima em algumas áreas.

Desde o início de agosto, o clima quente já matou pelo menos 39 pessoas, publicou o canal japonês NHK.

A informação também foi reportada pela polícia e outras autoridades, mostrando que a as vítimas tinham entre 40 e 90 anos de idade e que morreram dentro de suas casas.

De acordo com a agência japonesa de emergências em desastres, o calor matou pelo menos 57 pessoas entre os dias 29 de julho e 4 de agosto. Outras 1,8 mil pessoas foram hospitalizadas no mesmo período.

A situação levantou preocupações devido à realização das Olimpíadas 2020, no que tange a garantia da segurança de turistas, torcedores e atletas.

Meteorologistas afirmam que o aumento da temperatura pode criar condições atmosféricas instáveis em áreas maiores, causando nuvens de chuva em alguns locais e mudanças repentinas no clima como tempestades elétricas e ventos fortes nos próximos dias.

Enquanto isso, as autoridades japonesas recomendam às pessoas que se mantenham hidratadas, que usem ar-condicionado e que evitem contato direto com a luz do sol.