Líderes do G7 discutem Irã no primeiro dia

Os líderes do Grupo dos Sete países concordaram em dissuadir o Irã de se tornar uma potência nuclear e comprometeram-se a procurar a paz e a estabilidade no Médio Oriente.

Image © (Imagem referencial / via NHK World) Aug/2019

Líderes do G7 discutem Irã no primeiro dia

Os líderes do Grupo dos Sete países concordaram em dissuadir o Irã de se tornar uma potência nuclear e comprometeram-se a procurar a paz e a estabilidade no Médio Oriente.

A cúpula foi aberta no sábado à noite no resort francês de Biarritz, onde os líderes se reuniram em um jantar à porta fechada.

Autoridades do governo japonês relatam que o primeiro-ministro, Shinzo Abe, falou sobre sua visita ao Irã em junho passado.

Alega-se que ele expressou grande preocupação com o nível de enriquecimento de urânio do Irã, que excede o limite.

Os oficiais afirmam que ele enfatizou a determinação do Japão em continuar com os esforços diplomáticos.

Os líderes, alegadamente, concordaram que ninguém quer a guerra.

Aparentemente, os líderes não discutiram a coalizão internacional no Estreito de Hormuz, que Washington está propondo.

Em vez disso, acredita-se que eles tenham discutido o chamado do presidente Donald Trump para convidar a Rússia a voltar ao grupo da cúpula, para formar um Grupo dos Oito. Mas eles confirmaram que não divulgarão o que exatamente discutiram.

A Rússia foi excluída do grupo após anexar a Crimeia em 2014.

Abe disse ter pedido a outros participantes para reservar tempo suficiente para discutir questões norte-coreanas e a situação na China, e eles concordaram em conversar sobre elas nos dias seguintes.

Os líderes também falaram sobre incêndios florestais que consomem a floresta amazônica. Eles concordaram em fornecer apoio no combate a incêndios e outras formas de assistência.