Hong Kong vive pior crise dos últimos 22 anos, diz ministro chinês

Hong Kong enfrenta sua maior crise desde que retornou do controle britânico para o chinês, em 1997, disse nesta quarta-feira o chefe do escritório chinês de assuntos de Hong Kong e Macau, citado pela agência Reuters, durante uma reunião na cidade de Shenzhen, no sul da China.

Image © (Polícia de Hong Kong dispensando manifestantes / Reprodução / via Agência Sputnik) Aug/2019

Hong Kong vive pior crise dos últimos 22 anos, diz ministro chinês

Hong Kong enfrenta sua maior crise desde que retornou do controle britânico para o chinês, em 1997, disse nesta quarta-feira o chefe do escritório chinês de assuntos de Hong Kong e Macau, citado pela agência Reuters, durante uma reunião na cidade de Shenzhen, no sul da China.

Zhang Xiaoming, um dos principais responsáveis chineses pelas questões envolvendo o território semiautônomo, estava realizando um fórum que incluía delegados de Hong Kong no parlamento da China, o Congresso Nacional do Povo e o principal órgão consultivo da China, a CCPPC, para discutir a recente crise política na região, escreveu a Reuters.

Há meses, Hong Kong vem enfrentando grandes protestos contra o governo regional, desencadeados pela adoção de um polêmico projeto de lei, agora suspenso, que permitiria a extradição de cidadãos locais para a China continental.

Nos últimos dias, manifestantes e policiais voltaram a se enfrentar em violentos atos contra a atual administração, acirrando ainda mais o clima de tensão na região. Vários ativistas foram presos.