Coreia do Sul realiza exercícios militares nas Ilhas Takeshima

O Japão apresentou um protesto contra os exercícios militares da Coreia do Sul nas Ilhas Takeshima, no Mar do Japão. A Coreia do Sul controla as ilhas. O Japão as reivindica.

Image © (Ilhas Takeshima / Reprodução / via Reuters) Aug/2019

Coreia do Sul realiza exercícios militares nas Ilhas Takeshima

O Japão apresentou um protesto contra os exercícios militares da Coreia do Sul nas Ilhas Takeshima, no Mar do Japão. A Coreia do Sul controla as ilhas. O Japão as reivindica.

A Marinha sul-coreana informou que realizará dois dias de exercícios nas ilhas e arredores a partir deste domingo (25), juntamente com o exército, força aérea e guarda costeira.

A Coreia do Sul realiza os exercícios duas vezes por ano, que visam impedir uma tentativa de desembarque nas ilhas.

A agência de notícias Yonhap, da Coreia do Sul, informa que os exercícios foram, inicialmente, agendados para junho, mas foram adiados devido a preocupações sobre o impacto nas relações do país com o Japão.

As relações bilaterais tornaram-se tensas sobre o comércio, o trabalho forçado no tempo da Segunda Guerra Mundial e outras questões.

A agência relata que os exercícios são o segundo passo da Coreia do Sul contra o Japão, após a decisão de Seul de acabar com o pacto de compartilhamento de inteligência militar entre os dois países. A agência diz que o Japão está se afastando do diálogo e da diplomacia.

Ela também citou uma fonte militar como dizendo que os exercícios em andamento são maiores em escala do que os dos anos anteriores.

O Ministério das Relações Exteriores do Japão apresentou um protesto contra os exercícios militares.

Kenji Kanasugi, o chefe do Gabinete de Assuntos Asiáticos e Oceânicos do ministério, chamou a embaixada da Coreia do Sul.

Kanasugi disse a um alto funcionário sul-coreano que os exercícios são extremamente deploráveis, e que o Japão nunca poderá aceitá-los.