Brasil: ex-candidato a presidência, Fernando Haddad, é condenado por crime de caixa 2

Condenado nesta segunda-feira (19), a quatro anos e seis meses em regime semiaberto —decisão da qual cabe recurso–, Fernando Haddad negou ter feito caixa dois e criticou a sentença, informa a Folha.

Image © (Ex-prefeito de São Paulo e ex-candidato a presidência da República, Fernando Haddad / Reprodução / via Agência Brasil) Aug/2019

Brasil: ex-candidato a presidência, Fernando Haddad, é condenado por crime de caixa 2

Condenado nesta segunda-feira (19), a quatro anos e seis meses em regime semiaberto —decisão da qual cabe recurso–, Fernando Haddad negou ter feito caixa dois e criticou a sentença, informa a Folha.

“Levei quatro anos da minha vida para provar que o Ricardo Pessoa havia mentido na delação dele. O juiz afastou essa acusação. E o que ele fez? Me condenou por algo de que não fui acusado”, declarou o ex-poste de Lula.

Em sua delação premiada, Pessoa, dono da UTC, afirmou que a empreiteira havia destinado recursos não contabilizados pela campanha do petista à prefeitura de São Paulo em 2012.

Os recursos recebidos por caixa dois, segundo a denúncia, teriam chegado a R$ 2,6 milhões.