Ong Florescer realizou sua 17ª Festa Junina

No dia 29 de junho, a Ong Florescer localizada nesta cidade à rua Manoel Antônio Pinto, 500 Paraisópolis – SP, realizou a 17ª Festa Junina, desta vez o evento festivo se deu no Jockey Club em São Paulo. Sob a direção de Nádia Bacchi e de seus colaboradores, varias barracas foram montadas para a alegria dos convidados. Havia barraca de doces típicos, bebidas, churrasco, pipoca e outras delicias.

A Ong Florescer é uma entidade sem fins lucrativos, que atua a quase trinta anos, tendo como objetivo contribuir com a comunidade de uma forma social, prestando serviços referentes a educação, lazer, esporte, corte e costura, pintura e outros, resgatando as pessoas para a sociedade.

Vários artistas foram convidados para compor a Quadrilha dos Famosos, dentre eles: Helô Pinheiro, Maria Gal, Karina Bacchi, Mara Maravilha, Falcão, André Bankoff, Naty Meg e muitos outros. O ator Ramon Santana teve a honra de fazer par e dançar com a eterna Garota de Ipanema, Helô Pinheiro.

A festa estava animadíssima e para embalar o clima caipira da festa, teve show da dupla de sertanejos João Lucas e Leandro.

A Associação Nadia R. Bacchi (Ong Florescer) foi fundada em 1990 na cidade de São Manuel (interior de São Paulo) pela empresária Nadia Bacchi com o objetivo de prestar serviços a Cidade. Em 1995 se instalou na comunidade de Paraisopolis – Morumbi (2ª maior favela de São Paulo com 85.000 habitantes).

A ONG Florescer começou sua “plantação”, com a fundação do Centro de Integração Comunitária. Com ele, crianças e jovens da comunidade passaram a contar com um espaço fixo para suas aulas, onde recebem reforço escolar, computação, inglês, teatro, dança, violão e futebol, praticam atividades recreativas e mesmo cursos profissionalizantes, sempre ministrados por voluntários.

Os resultados desse esforço comunitário vêm sendo positivos e a receptividade das famílias tem sido bastante grande. Hoje, a ONG Florescer atende cerca de 850 crianças de 06 a 16 anos e outras formam uma disputada fila de espera pela abertura novas vagas!

Fotos: Arquivo do Facebook da Ong Florescer: https://www.facebook.com/ongflorescer1/

Fonte: Assessoria Sonia Costa

Da Redação by Cleo Oshiro

Artigo anteriorApós protestos, Hong Kong cancela Lei de Extradição
Próximo artigoBrasil adere a acordo internacional de registro de marcas da ONU
Cleo Oshiro
Sou a Cleo Oshiro, uma mineira que no ano de 2002 optou por viver no Japão com a família. Em 2010 a Revista GVK Internacional no Brasil, especializada em karaokê, me descobriu no Orkut e através da minha paixão pela música e karaokê, decidiram fazer uma matéria sobre minha vida aqui no Japão, afinal foi aqui na cidade de Kobe que ele surgiu e se espalhou pelo mundo. Com a repercussão da matéria, eles me convidaram para ser a Correspondente Internacional da revista no Japão e aceitei o desafio e não parei mais. Fui Colunista Social por 2 anos no Portal Mie/Japão, da Revista Baladas Internacional/ Suiça, na BDCiTV/EUA e na Revista Biografia/ Brasil, realizando entrevistas com várias personalidades do meio artístico. Minhas matérias são para divulgar o trabalho dos artistas, sem apelos sensacionalistas, mesmo porque meu foco é mostrar a imensidão de talentos espalhados pelo mundo sejam famosos ou não. Atualmente faço parte da equipe da Rádio Shiga, onde faço matérias artísticas e sou a idealizadora do programa musical The Best Of Brazilian Music em parceria com o Omote-san. O programa foi suspenso devido problemas interno, mas o tempo em que esteve no ar levava a música brasileira à outros países da Asia. O programa The Best Of Brazilian Music era apresentado em inglês pela DJ Shine Dory, uma filipina apaixonada pela MPB e Bossa Nova. A escolha pelo idioma foi para alcançar japoneses e estrangeiros que vivem no Japão, já que inglês é um idioma universal e os brasileiros já contavam com o acesso as informações dos artistas através das matérias publicadas por mim no site