EUA ameaçam pressionar o Irã ainda mais

O Secretário de Estado norte-americano, Mike Pompeo, advertiu que o Irã enfrentará um aumento da pressão, incluindo novas sanções, se violar a limitação de enriquecimento de urânio.

Image © (Imagem referencial / via NHK World) Jul/2019

EUA ameaçam pressionar o Irã ainda mais

O Secretário de Estado norte-americano, Mike Pompeo, advertiu que o Irã enfrentará um aumento da pressão, incluindo novas sanções, se violar a limitação de enriquecimento de urânio.

Pompeu tuitou no domingo (7), depois que o Irã anunciou que elevará o nível de enriquecimento de urânio além do limite estabelecido pelo acordo nuclear de 2015. Teerã diz que não está recebendo os benefícios econômicos prometidos no acordo.

Pompeu escreveu que “o regime do Irã, armado com armas nucleares, representaria um perigo ainda maior para o mundo”.

Ele acrescentou que “a mais recente expansão do programa nuclear do Irã levará a mais isolamento e sanções”.

O presidente dos EUA, Donald Trump, falou aos repórteres sobre o movimento proposto pelo Irã. Ele disse, “não adianta”, e advertiu que “é melhor o Irã ter cuidado”.

Observadores dizem que o governo Trump, aparentemente, espera ganhar apoio da comunidade internacional para aplicar mais pressão sobre o Irã, enfatizando a ameaça representada por seu programa nuclear.

O Irã diz que irá parar com seu compromisso nuclear em 60 dias se os signatários europeus do acordo de 2015 não tomarem medidas para apoiar o país. Espera-se que Teerã reaja drasticamente se os Estados Unidos impuserem mais sanções, levantando preocupações de que as tensões aumentarão ainda mais.