Ciça Marinho, divulgadora da música portuguesa, se apresenta no 19º Festival de Inverno de Paranapiacaba

Ciça Marinho, reconhecida divulgadora da música portuguesa, se apresenta no 19º Festival de Inverno de Paranapiacaba com o show “Argonautas, Apenas Navegando” e promete muita emoção com fados, sambas e canções de grandes compositores. Ciça também convida a sambista Adriana Moreira.

Ciça será acompanhada pelos excelente músicos, Wallace Oliveira( guitarra portuguesa) e Sérgio Borges, (violão de 7 cordas) e Adriano Busko na percussão. O evento acontecerá no dia 28 de julho, as 18 horas, no palco da Rua Direita.

Nascida no solo verde e amarelo e que traz nas veias o sangue vermelho e verde, a cantora e fadista Ciça Marinho nasceu no Brasil. Filha de pais portugueses (o pai da região do Minho e a mãe de Beira Alta), Ciça cresceu ouvindo os discos da fadista Amália Rodrigues, entre tantos outros, cercada por um ambiente familiar “onde tudo terminava em música e comida”, despertando em si a paixão pelo fado.

Ciça faz parte da geração de intérpretes da tradição musical fora de Portugal. Há 22 anos esta luso-brasileira realiza importante trabalho de conexão entre a música portuguesa e a brasileira, com destaque para o Fado. Gravou quatro álbuns: Ciça Marinho ao Vivo (2006) CD e DVD, Minhas Raízes (2008), Além Mar, Além de Mim (2012): ouça aqui no Spotify.

Em 2018 aconteceu o pré – lançamento do quarto álbum, Fado Trocado, produzido pelo fadista, compositor e produtor musical português Jorge Fernando, que participou como músico no disco Além Mar, Além de Mim. No álbum Fado Trocado, Ciça experimenta a beleza do fado em diálogo com o samba. A fadista Fábia Rebordão, prima da (Rainha do Fado) Amália Rodrigues participa do disco, assim como os excelentes músicos, o guitarrista José Manuel Neto, o brasileiro Gustavo Roriz (baixo), Pratinha Saraiva (flauta), completando esse fabuloso elenco com o Wallace Oliveira Trio. Em breve haverá o lançamento do álbum Fado Trocado.

Durante sua trajetória em palcos e eventos pelo Brasil e no exterior se apresentou em vários programas de TV, entre eles, o Sr.Brasil – Rolando Boldrin na TV Cultura (foto acima by: Pierre Yves Refalo) e o “Todo Seu” (foto abaixo) do cantor e apresentador Ronnie Von na TV Gazeta, acompanhada dos músicos Wallace Oliveira ( guitarra portuguesa) e Sergio Borges (violão).

A cantora se apresentou ao lado de artistas renomados, como Chico e Paulo Caruso, Edson Cordeiro, Oswaldinho do Acordeón, Adriana Moreira, Adriano Busko, Fábio Peron, Pratinha Saraiva, Roberto Leal, e fadistas como Raquel Tavares, Adélia Pedrosa, Lenita Gentil, Maria Alice Ferreira, Glória de Lourdes, Mario Rocha, Sebastião Manuel, Dan Félix, Terezinha Alves, instrumentistas portugueses como José Manuel Neto, Luís Guerreiro e Ângelo Freire (guitarra portuguesa), Manuel Marques (viola de fado) dentre outros.

Ciça foi finalista do Prêmio da Música Brasileira 2010, com a música Alguém me avisou, que homenageou a Grande Dama do Samba Dona Ivone Lara. Para acompanhar a cantora, acesse seu site: https://www.cicamarinho.com/

Da Redação by Cleo Oshiro

Artigo anteriorAbe pede desculpas a parentes de antigos pacientes de hanseníase (lepra)
Próximo artigoHuawei demite 600 funcionários do setor de pesquisa dos EUA
Cleo Oshiro
Sou a Cleo Oshiro, uma mineira que no ano de 2002 optou por viver no Japão com a família. Em 2010 a Revista GVK Internacional no Brasil, especializada em karaokê, me descobriu no Orkut e através da minha paixão pela música e karaokê, decidiram fazer uma matéria sobre minha vida aqui no Japão, afinal foi aqui na cidade de Kobe que ele surgiu e se espalhou pelo mundo. Com a repercussão da matéria, eles me convidaram para ser a Correspondente Internacional da revista no Japão e aceitei o desafio e não parei mais. Fui Colunista Social por 2 anos no Portal Mie/Japão, da Revista Baladas Internacional/ Suiça, na BDCiTV/EUA e na Revista Biografia/ Brasil, realizando entrevistas com várias personalidades do meio artístico. Minhas matérias são para divulgar o trabalho dos artistas, sem apelos sensacionalistas, mesmo porque meu foco é mostrar a imensidão de talentos espalhados pelo mundo sejam famosos ou não. Atualmente faço parte da equipe da Rádio Shiga, onde faço matérias artísticas e sou a idealizadora do programa musical The Best Of Brazilian Music em parceria com o Omote-san. O programa foi suspenso devido problemas interno, mas o tempo em que esteve no ar levava a música brasileira à outros países da Asia. O programa The Best Of Brazilian Music era apresentado em inglês pela DJ Shine Dory, uma filipina apaixonada pela MPB e Bossa Nova. A escolha pelo idioma foi para alcançar japoneses e estrangeiros que vivem no Japão, já que inglês é um idioma universal e os brasileiros já contavam com o acesso as informações dos artistas através das matérias publicadas por mim no site