Chuva extremamente forte continua em Kyushu

As autoridades meteorológicas informam que chuvas extremamente fortes, provavelmente, continuarão na região de Kyushu, no sudoeste do Japão, especialmente na província de Kagoshima, até quinta-feira (4). Algumas partes da região já estão enfrentando um alto risco de deslizamentos de terra e inundações.

Image © (Imagem referencial / via NHK World) Jul/2019

Chuva extremamente forte continua em Kyushu

As autoridades meteorológicas informam que chuvas extremamente fortes, provavelmente, continuarão na região de Kyushu, no sudoeste do Japão, especialmente na província de Kagoshima, até quinta-feira (4). Algumas partes da região já estão enfrentando um alto risco de deslizamentos de terra e inundações.

As autoridades podem emitir alertas de evacuação se as chuvas continuarem por várias horas nas mesmas áreas, aconselhando as pessoas na região a evacuarem sem esperar por avisos, para garantir sua segurança.

A agência meteorológica diz que as nuvens de chuva estão se desenvolvendo como uma frente de chuva sazonal que paira sobre a região e o ar quente e úmido flui para dentro.

A precipitação em algumas partes do sul de Kyushu chegou a 1.000 milímetros, desde sexta-feira.

A cidade de Soo, na província de Kagoshima, teve 40,5 milímetros de chuva entre as 14h00 e as 15h00 desta quarta-feira.

As autoridades meteorológicas emitiram avisos de deslizamento de terra nas províncias de Kagoshima, Kumamoto e Miyazaki.

A partir das 15h, os riscos de enchentes também aumentaram nas áreas baixas, próximas aos rios, em três cidades da província de Kagoshima.

As autoridades dizem que a frente de chuva se tornará mais ativa até quinta-feira, com chuvas localizadas de mais de 80 milímetros por hora em Kyushu. A previsão é de que  a precipitação diária será igual a média mensal para julho.

Espera-se que o sul de Kyushu tenha até 350 milímetros de chuva do meio dia de quarta-feira até quinta-feira ao meio-dia.

As autoridades dizem que as chuvas vão continuar.

Prevê-se que a precipitação máxima, do meio dia de quinta-feira até o meio-dia de sexta-feira, seja de 100 a 200 milímetros no sul de Kyushu e Tokai.