Direitos humanos de Carlos Ghosn devem ser preservados, diz Macron

O gabinete do presidente francês, Emmanuel Macron, informou que pediu ao primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, que ajude a garantir que os direitos humanos do ex-presidente da Nissan, Carlos Ghosn, sejam protegidos.

Image © (Ex-presidente da Nissan Motors, Carlos Ghosn / Reprodução / via CNN) Apr/2019

Direitos humanos de Carlos Ghosn devem ser preservados, diz Macron

O gabinete do presidente francês, Emmanuel Macron, informou que pediu ao primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, que ajude a garantir que os direitos humanos do ex-presidente da Nissan, Carlos Ghosn, sejam protegidos.

Macron e Abe conversaram em Paris nesta terça-feira (23). Ghosn, que tem cidadania francesa, foi indiciado e detido no Japão por suposta má conduta financeira.

O gabinete informou que Macron disse a Abe que o Japão é um importante parceiro diplomático da França e que respeita a democracia. Mas ele também disse que o povo francês quer ver os direitos humanos de Ghosn estão protegidos.

Macron lembrou a Abe que o princípio de “inocente até que se prove a culpa” deveria ser aplicado no caso do ex-presidente da Nissan.