Brasil: CCJ da Câmara dos Deputados aprova relatório da reforma da Previdência

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados votou pela aprovação do relatório do deputado Marcelo Freitas (PSL-MG) sobre a reforma da Previdência, favorável ao projeto apresentado. O parecer do relator foi aprovado com 48 votos a favor e 18 contra.

Image © (Sessão da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados / Reprodução / via Agência Sputnik) Apr/2019

Brasil: CCJ da Câmara dos Deputados aprova relatório da reforma da Previdência

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados votou pela aprovação do relatório do deputado Marcelo Freitas (PSL-MG) sobre a reforma da Previdência, favorável ao projeto apresentado. O parecer do relator foi aprovado com 48 votos a favor e 18 contra.

A aprovação veio após mais de 9 horas de discussões na CCJ com diversos pedidos de adiamento da sessão negados. Além de debates em torno do teor da reforma da previdência, os deputados presentes engajaram-se em discussões acaloradas, acusações sobre o estado da economia do país, críticas ao presidente Jair Bolsonaro e também aos governos anteriores.

A oposição, formada por partidos como PT, PCdoB, PDT e PSOL, levou à CCJ uma estratégia para tentar atrasar a reforma e ganhar tempo para a articulação de votos. Entre os principais argumentos da oposição estava a sigilo do governo sobre os dados que embasaram a proposta de reforma.

A proposta ainda continuará sendo discutida em comissões e, uma vez admitida pela CCJ, irá à Comissão Especial da Câmara.

A PEC 6/2019, da reforma da Previdência, é a principal aposta do Planalto desde o início do governo e já garantiu disputas com a Câmara, liderada por Rodrigo Maia. O governo acredita que a reforma economizará R$ 1 trilhão de reais em dez anos, garantindo equilíbrio nas contas públicas. Já a oposição baseia sua crítica nos pontos propostos, como o aumento da idade mínima para a aposentadoria e também do tempo de contribuição.