22.2 C
Kōnan
sexta-feira, 25 de setembro de 2020

Brasil: para a Globo, traficante portando fuzil não é certeza de ameaça

Em entrevista à Globo News, o governador eleito do Rio de Janeiro Wilson Witzel disse que quer manter as tropas do exército no estado por mais 10 meses, mesmo após o fim da intervenção.

Estatística COVID19 - Coronavírus

Total Global
Última atualização em:
Casos

Mortes

Recuperados

Active

Casos Today

Mortes Today

Critical

Affected Countries

Hospital de Tóquio está se especializando em Covid-19

Hospital de Tóquio está se especializando em Covid-19 Um hospital em Tóquio se tornou o primeiro na capital especializado no tratamento de pacientes internados para...

Oficial sul-coreano foi “morto a tiros e queimado” pela Coreia do Norte

Oficial sul-coreano foi "morto a tiros e queimado" pela Coreia do Norte A Coreia do Sul acusa tropas norte-coreanas de matarem a tiros e queimarem...

Laços entre Japão e Coreia do Sul não podem continuar tensos

Laços entre Japão e Coreia do Sul não podem continuar tensos O primeiro-ministro japonês, Suga Yoshihide, pediu ao presidente sul-coreano, Moon Jae-in, que tomasse medidas...

Trump anuncia novas sanções contra Cuba

Trump anuncia novas sanções contra Cuba O presidente americano, Donald Trump, anunciou nesta quarta-feira (23), que o governo americano impôs novas sanções a Cuba. As...

Ex-jogador de futebol Carlos Alberto se dedica a projetos assistenciais na África

Ex-jogador de futebol Carlos Alberto se dedica a projetos assistenciais na África O ex-jogador de futebol Carlos Alberto Santos de Deus, que jogou profissionalmente no...

Brasil: para a Globo, traficante portando fuzil não é certeza de ameaça.

Em entrevista à Globo News, o governador eleito do Rio de Janeiro Wilson Witzel disse que quer manter as tropas do exército no estado por mais 10 meses, mesmo após o fim da intervenção.

Witzel também afirmou que quer treinar atiradores de elite (snipers) para abater criminosos portando armas de uso restrito.

Uma das repórteres afirmando que um criminoso portando um fuzil de assalto não é certeza de ameaça, foi imediatamente replicada por Witzel dizendo que se está com um fuzil na mão é porque pretende utilizá-lo.

“- Fuzil na mão? É ameaça. Ele vai usar o fuzil para atacar para quem quer que seja na frente dele”, disse Witzel, acrescentando que “Prefiro defender policiais no Tribunal do que ir ao seu funeral. O policial será defendido. Se condenado, nós vamos recorrer. Se a setença for mantida, é um risco que a gente corre. O que me deixa desconfortável é ver bandido com fuzil na rua”.

SourceO Globo

Artigos relacionados

Pedro Pimentel apresenta o álbum “Stereotypes”

Pedro Pimentel apresenta o álbum “Stereotypes” O último álbum do músico Pedro Pimentel, “Stereotypes”, foi produzido, gravado, mixado pelo próprio artista, assim como a masterização....

Ex-jogador de futebol Carlos Alberto se dedica a projetos assistenciais na África

Ex-jogador de futebol Carlos Alberto se dedica a projetos assistenciais na África O ex-jogador de futebol Carlos Alberto Santos de Deus, que jogou profissionalmente no...

Covid-19 Brasil: 4.624.885 casos confirmados, 3.992.886 recuperados, 138.977 óbitos e 493.022 em recuperação

Covid-19 Brasil: 4.624.885 casos confirmados, 3.992.886 recuperados, 138.977 óbitos e 493.022 em recuperação O número de mortes em função da pandemia do novo coronavírus chegou...

ÁSIA

ÚLTIMAS NOTÍCIAS - BRASIL

Pedro Pimentel apresenta o álbum “Stereotypes”

0
Pedro Pimentel apresenta o álbum “Stereotypes” O último álbum do músico Pedro Pimentel, “Stereotypes”, foi produzido, gravado, mixado pelo próprio artista, assim como a masterização....

Bolsonaro abre a 75ª Assembléia Geral da ONU

Translate »