Há muito que os óculos deixaram de ser apenas um item utilitário e também passaram a ser um acessório de estilo, mas saber escolher o modelo certo é fundamental.

Quem disse que ‘para cada tipo de rosto, há um tipo de óculos’? Esqueça isso e fuja desses padrões estéticos que nada somam.

A escolha dos óculos não tem a ver apenas com o formato do seu rosto, como muito se fala por aí, mas sim com o que você deseja expressar através da sua imagem, levando em consideração a análise do rosto e das feições, exame que fornece mais informações na avaliação da complexidade do temperamento do indivíduo.

O modelo e formato do acessório – podem sim – projetar uma informação visual que reflete ou não o que você deseja. Por isso saber se ele está de acordo com a imagem que você deseja expressar – é fundamental.

Antes de mais nada, é importante saber que toda imagem é composta por símbolos geométricos que são formados por quatro tipos de linhas: verticais, horizontais, inclinadas e curvas. E assim como as formas geométricas, essas linhas têm significados universais, ou seja, são símbolos arquetípicos que possuem mesmos significados em qualquer parte do planeta, transmitindo emoções de maneira inconsciente.

As linhas, formas e cores são a base da linguagem visual, usada para construir toda e qualquer imagem que transmite um conceito. Essas linhas e formatos geométricos são percebidos imediatamente, e antes que possamos pensar sobre a imagem, objeto, local ou pessoa, reagimos emocionalmente ao seu significado.

Não é a toa que uma imagem certa pode elevar a autoestima, enquanto uma imagem inadequada pode resultar em depressão. Sendo assim, a escolha dos óculos deve estar de acordo com a imagem que você deseja expressar, resultando numa imagem pessoal que represente o seu estilo e personalidade.

Segundo o Visagismo Philip Hallawell, entres outros aspectos, as linhas retas transmitem força, as diagonais dinamismo, enquanto as curvas e arredondas estão associadas à feminilidade e leveza. Em conjunto com as linhas do seu rosto, corte dos cabelos e penteados, os formatos dos óculos podem criar uma imagem pessoal harmônica e que comunica uma intenção.

Por exemplo, uma pessoa que tem o rosto retangular, cujos traços retos caracterizam uma imagem que transmite força, pode suavizar essa imagem (caso seja o seu desejo) apostando em óculos redondos ou em modelos diagonais (como os óculos gatinho), dando mais leveza ou dinamismo nas suas feições.

Seguindo essa lógica da composição das linhas e formas, é possível criar diversas imagens e estilos totalmente personalizados, isso é o que chamamos, no Visagismo, de customização.

Por isso, considerar o formato e as linhas que compõem o seu rosto, o seu temperamento e o que você deseja expressar através da sua imagem é de grande importância no momento de escolher os seus acessórios, principalmente, os óculos de grau, já que serão usados com muito mais frequência, criando e fazendo parte da sua imagem pessoal no cotidiano.

De fato, os óculos podem dar um up no look, pois basta apostar num modelo mais ousado para atualizar o visual com muito charme e estilo. Mas, lembre-se, ao se olhar no espelho, a pessoa é afetada emocionalmente pelas estruturas geométricas, o símbolo arquetípico embutido na estrutura da imagem, será reconhecido pela amígdala, que provocará uma reação emocional, antes que a imagem possa ser interpretada.

Isso é muito significativo e explica por que uma mudança de imagem pessoal afeta a pessoa no nível emocional e psicológico, podendo provocar alterações no seu comportamento.

Agora, observe as diferentes fotos com vários modelos de óculos e formatos de rosto e cabelo, e veja como cada imagem transmite uma emoção peculiar.

Fotos Pinterest

Veja que as aparências transmitem diferentes mensagens como força, poder, leveza, modernidade, intelectualidade, seriedade, jovialidade, segurança, dinamismo e por aí vai…

Também é importante saber a cor e temperatura da sua pele, para escolher o material dos óculos que mais valoriza a sua imagem. Sobre cor da pele você pode conferir esse post AQUI.

Se você ainda tem dúvidas sobre como escolher os óculos certos, acesse o www.designpessoal.com e veja como a Consultoria Design Pessoal pode lhe ajudar.

Um super beijo e até o próximo post!

Taiara Desirée

Fonte do post: Visagismo integrado: identidade, estilo e beleza / Philip Hallawell. 2 ed. São Paulo. Editora Senac São Paulo, 2010.

Artigo anteriorBrasil: STJ nega pedido de liberdade ao ex-ministro Henrique Eduardo Alves
Próximo artigoBrasil: Senado aprova decreto presidencial de intervenção no Rio de Janeiro
Taiara Desirée
Taiara Desirée é Fashion Blogger, premiada como Youtuber-Blogger do Ano pela ABI-Internacional no Press Award USA 2018. É Advogada, Pós-graduada em Direito Ambiental e Membro das Comissões de Direito da Moda e de Direito Ambiental da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional PB. Trabalhou como Assessora Jurídica da Promotoria de Justiça do Meio Ambiente da Capital, no MPPB. Morou em Miami e Nova Iorque e, ao retornar para o Brasil, decidiu empreender, trabalhando em seus projetos. Foi na área da moda e estilo que encontrou a sua realização profissional e aplica os princípios da sustentabilidade na sua atuação, disseminando uma moda com propósito e o consumo consciente. ​ Formada em Visagismo pelo Phillip Hallawell, é Colunista e Apresentadora de Moda e Estilo em rádio, sites e jornais no Brasil, Japão, USA, Canadá e Reino Unido. Fundadora do Bloguesia, um blog sobre moda, beleza e estilo de vida que existe há quase 1 década e conta com mais de 4 milhões de visualizações pelo mundo. É empresária, palestrante de imagem, estilo e empoderamento pessoal, Jornalista e Membro da Brazilian International Press Association, sendo oficialmente registrada como imprensa brasileira no exterior. Segue fazendo diversos cursos em múltiplas áreas, assim como nas áreas de moda, imagem e estilo, atuando em projetos neste segmento, entre eles, é idealizadora do Design Pessoal. Quer ficar por dentro de tudo? É só favoritar o Bloguesia e também seguir nas redes sociais!