26 C
Kōnan
quinta-feira, 1 de outubro de 2020

EUA: Departamento de Estado pede para colocar Coreia do Norte na lista de países terroristas

Os pais do estudante norte-americano que morreu depois de ser detido na Coreia do Norte, pediram ao Departamento de Estado dos EUA que volte a colocar o país na lista de patrocinadores estatais do terrorismo.

Estatística COVID19 - Coronavírus

Total Global
Última atualização em:
Casos

Mortes

Recuperados

Active

Casos Today

Mortes Today

Critical

Affected Countries

Plano global de vacina possui 167 membros diz OMS

Plano global de vacina possui 167 membros diz OMS O diretor da Organização Mundial da Saúde disse que 167 países e territórios aderiram a um...

Começa a campanha “Go To Eat” no Japão

Começa a campanha "Go To Eat" no Japão O programa japonês "Go To Eat", que incentiva as pessoas a jantar fora, começou nesta quinta-feira (1º)....

Bolsa de Valores de Tóquio suspende as negociações

Bolsa de Valores de Tóquio suspende as negociações A Bolsa de Valores de Tóquio suspendeu todas as negociações devido a problemas no sistema. Ela diz...

China anuncia prisão de 12 manifestantes de Hong kong

China anuncia prisão de 12 manifestantes de Hong kong Promotores chineses dizem ter prendido formalmente 12 ativistas pró-democracia de Hong Kong que foram detidos por...

Bolsonaro lamenta declarações de Biden sobre Amazônia

Bolsonaro lamenta declarações de Biden sobre Amazônia O presidente Jair Bolsonaro lamentou nesta quarta-feira (30) as declarações do candidato à presidência dos Estados Unidos, Joe...

EUA: Departamento de Estado pede para colocar Coreia do Norte na lista de países terroristas.

Os pais do estudante norte-americano que morreu depois de ser detido na Coreia do Norte, pediram ao Departamento de Estado dos EUA que volte a colocar o país na lista de patrocinadores estatais do terrorismo.

Otto Warmbier foi repatriado da Coreia do Norte com sérios danos cerebrais e morreu pouco depois em junho deste ano. Ele ficou preso no país por mais mais de um ano.

Os pais encontraram-se com o Senado republicano John Cornyn e solicitaram que a Coreia do Norte fosse adicionada à lista.

O presidente dos EUA, Donald Trump, denunciou a Coreia do Norte, dizendo que o estudante foi torturado além do imaginável.

Doze senadores, influentes, dos partidos republicanos e democratas, incluindo Cornyn, se juntaram ao clamor dos pais enviando uma carta ao secretário de Estado, Rex Tillerson.

Uma cópia da carta, obtida pela televisão ABC, mostra que os legisladores pediram a Tillerson que considere “a totalidade das ações da Coreia do Norte”, incluindo a aceleração no desenvolvimento nuclear e de mísseis e outros atos brutais.

O governo dos Estados Unidos retirou o país da lista em 2008, depois que um acordo foi alcançado com Pyongyang sobre a verificação de seu programa nuclear.

No entanto, os pedidos para colocar o país de volta na lista negra têm crescido entre os legisladores e outros setores.

SourceNHK World

Artigos relacionados

Plano global de vacina possui 167 membros diz OMS

Plano global de vacina possui 167 membros diz OMS O diretor da Organização Mundial da Saúde disse que 167 países e territórios aderiram a um...

China anuncia prisão de 12 manifestantes de Hong kong

China anuncia prisão de 12 manifestantes de Hong kong Promotores chineses dizem ter prendido formalmente 12 ativistas pró-democracia de Hong Kong que foram detidos por...

Bolsonaro lamenta declarações de Biden sobre Amazônia

Bolsonaro lamenta declarações de Biden sobre Amazônia O presidente Jair Bolsonaro lamentou nesta quarta-feira (30) as declarações do candidato à presidência dos Estados Unidos, Joe...

ÁSIA

ÚLTIMAS NOTÍCIAS - BRASIL

Bolsonaro lamenta declarações de Biden sobre Amazônia

0
Bolsonaro lamenta declarações de Biden sobre Amazônia O presidente Jair Bolsonaro lamentou nesta quarta-feira (30) as declarações do candidato à presidência dos Estados Unidos, Joe...
Translate »