Cris Carniato: Atriz e cantora fala sobre a Associação Elo Solidário. Cris Carniato, nasceu no interior do Paraná, é mãe do Gael, um lindo garotinho de 1 ano e 2 meses, fruto da sua união de 11 anos com o ator e lutador bicampeão de Vale – Tudo, Osvaldo Lot.

10314018_10203968248151463_6086866955043077786_nA atriz Cristiane Carniato é também cantora, compositora, modelo, apresentadora e produtora da Carniato & Carniato produções artísticas em sociedade com o seu irmão Rogério Carniato.

1070015_10203522724893660_1482063299_nApresentou-se em casas noturnas no Brasil e no México, onde morou por um tempo trabalhando como modelo e cantora. Formada pela Oficina de atores Nilton travesso, fez cursos de interpretação para cinema com o diretor Fernando Leal e de teledramaturgia, com a atriz e diretora Cininha de Paula.

Cris iniciou na música ainda jovem, cantando na Igreja, e por chamar a atenção pela sua beleza, foi convidada para participar de um concurso de Miss na cidade de Maringá, vencendo o mesmo.

Usando o nome artístico de Cris Carniato, teve formação musical na escola de música Voices, além de especializações com profissionais como Tuti Baé e Luise Paltroniere da Universidade Maringá.

10485425_10204519635775809_3583863793115466056_oDe 2.001 a 2.003 integrou o grupo musical NIX, contratados da BMG, mas o seu sonho sempre foi o de atuar, optando por sair de Maringá e viver em São Paulo.

Durante um tempo deixou a música de lado, investindo na carreira de atriz, mas a saudades de cantar falou mais alto e ai decidiu retornar, interpretando suas próprias composições.

No ano de 2012 Cris atuou no filme “Amor na Serra” ao lado de Osvaldo Lot e sob a direção de Dimas Oliveira Junior. O longa – metragem que acontece em Campos do Jordão, conta a história de amor entre Dora Lygia e Cezário. Cris Camiato é a própria Dora Lygia, uma mulher muito importante na região nas décadas de 50 e 60.

Em 2013 a Carniato&Carniato, produziu “Entre Paredes Escuras”, com texto de Rogerio Carniato, direção de Sérgio Milagre e no elenco Cris Camiato, Beto Schultz e Rogerio Carniato.

1918906_449275788591590_7398559850669345465_nAtuou ao lado do irmão Rogerio Carniato na peça teatral “O especialista”(2015), sob a direção de Sérgio Milagre e realizada pela produtora Carniato&Carniato produções artísticas, que pertence aos mesmos e com o apoio da Prefeitura Municipal de Maringá, sendo premiado no edital Aniceto Matti da Prefeitura de Maringá.
Cris atuou em espetáculos como “O Telescópio”, “Um bonde chamado desejo”, “O automóvel do inferno”“O Urso”, na série “Os experientes”(TV Globo) sob a direção de Fernando Meirelles, no curta-metragem “Noir”, dirigido por Diego Ruiz e Helton Ladeira, participantes do Festival de Cannes, foi a Carol da novela “Amor e Intrigas” (Rede Record/2008), viveu a personagem Viviane na novela “Insensato Coração”, contracenando com Lázaro Ramos, a Marlene na minissérie “Maysa – Quando fala o coração” (TV Globo).
249057_10151670131226514_823161042_nParticipou de vários comerciais (Renner, Kopenhagen, Citroen Air Cross, Bradesco Prime, O Boticário, Nívea, Avon, Seda Shampoo, Claro, Bavária Premium, Fiat Palio, Bacardi, Bradesco, Pepsi, Cacau show entre outros. Cris participou de desfiles nos EUA e Paris, sendo super requisitada para fotos publicitárias também.

 

Foi apresentadora do programa Rock Estrada pela Multi Show e do Cine Sky. Um dos seus trabalhos mais recente é a participação no clip do cantor Gustavo Mioto, onde contracena com o ator Murilo Rosa.

O clipe conta uma história de amor muito triste, e tem feito muito gente chorar de emoção. Na vida real Cris vive feliz ao lado do filhinho Gael e do marido Osvaldo Lot.

O ator Osvaldo Lot causou grande alvoroço nas telinhas quando viveu Zé Paulo, o massagista bonitão de corpo sarado e bronzeado do SPA Preciosa na novela “Morde e Assopra”(TV Globo).

10646836_10204881775029064_2631209306591496736_n Lot é o idealizador, fundador e presidente da Associação Elo Solidário. O evento mais recente foi no dia das crianças, onde Cris e seu irmão e sócio Rogério Carniato, através da Elo Solidário dirigiram e produziram uma apresentação na comunidade da Funchal em São Paulo para comemorar o Dia das Crianças!

Cris faz parte da Associação Elo Solidário, uma associação beneficente, sem fins lucrativos que une as ações de várias associações, empresas, ONGs, buscando os apoios necessários, dando oportunidade para que projetos sejam realizados.

A associação com sua sede na cidade de Baurú, tem o Projeto Futuro que dá curso de natação para crianças com o apoio do grupo Multi Cobra.

Essas crianças são selecionadas e enviadas para o CA (Centro de Apoio) onde ministram cursos de informática, inglês, espanhol, oficinas, palestras e orientação jurídica e psicológica. As crianças que mais se destacam são encaminhadas para seu primeiro emprego com as empresas parceiras.

1511149_10205515732637608_8531813237932493718_nVárias personalidades participam do Projeto, amigos como Cissa Guimarães, Malvino Salvador, Paulinho Vilhena, Leo Miggiorin, Otaviano Costa, Mateus Solano, Walcyr Carrasco, Suzy Rego, Paola Oliveira, Anderson Silva, Joelma,Robert Scheid, Roberta Miranda, Luciana Melo, entre tantos outros. Cris explica sobre o projeto:

A Associação Elo Solidário, nasceu em Outubro de 2010 do simples ato de compartilhar, com o objetivo de multiplicar as oportunidades para as pessoas, permitindo o acesso de todos quantos queiram e necessitem à educação, esporte, lazer e cultura de forma que integre empresas, organizações, classe artística e demais profissionais.

Cris Carniato afirma, que nesse projeto toda participação é bem-vinda.

14907112_10211254429821451_2262633504924726398_nSe pessoas disponibilizarem 10% de seu tempo, compartilhando seus conhecimentos ou suas habilidades, poderá mudar 100% de uma vida e, com certeza receberá em troca novos conhecimentos e ensinamentos. Ao final da jornada todos se tornam seres humanos melhores.

Sem apoio político ou verbas públicas, Cris enfatiza que o projeto gira em torno da sustentabilidade – marca que virá a defini o século XXI. Oferecem às empresas visibilidade institucional divulgando-as no site da Associação e concedendo-lhes um Certificado de Responsabilidade Social.

Ofertamos estudo técnico nas áreas de informação, computação, idiomas – inglês e espanhol – esportes.

Nosso símbolo é uma peça de quebra-cabeças exatamente porque a gente une quem tem a oferecer com aqueles que necessitam o que está sendo oferecido.

Na verdade o mais importante é a noção de cidadania, fazer jovens integrados e com pleno conhecimento do valor que possuem, da força inata que faz com que eles conquistem, pelo bem, tudo o que almejarem”, diz Cris.

15032533_10211332807140835_1351545049_nPor que a sustentabilidade? Porque é um conceito sistêmico que se propõe a configurar as atividades humanas de tal forma que os membros da sociedade preencham suas necessidades e expressem seu potencial.

É ampla o suficiente para abranger todos os níveis de organizações, desde a vizinhança até o planeta.

“O projeto é simples e os nossos Centros de Apoio se estruturam a partir da formação de grupos de pessoas interessadas numa sociedade mais justa e igualitária. De um lado temos os facilitadores e, de outro, aprendizes. Esses Centros ou Núcleos de Apoio do Elo Solidário podem ser criados em empresas, centros comunitário, escolas, associações, faculdades, fundações e até mesmo em residências.”

15045542_10211332807220837_1711301821_n“Ninguém faz um mundo melhor melhorando apenas a si. Temos o direito e dever de sermos felizes, entendemos que este é o objetivo maior, mas não podemos ser plenamente felizes em um meio tão desigual em oportunidades. Não dividimos nada, apenas compartilhamos e, nesse compartilhar, multiplicamos. Esse é objetivo, ser o elo de uma corrente, que aumente, que não tenha peças frágeis. Uma corrente de liberdade à vida, inquebrantável.”

“Empresários, observem melhor o Terceiro Setor. Questionem-se. Qual é a sua ação social? O que você está fazendo pela inclusão? Tenham uma participação social mais efetiva”.

— Cris Carniato

Doações Solidárias

Existem diversas formas de benefícios para a população e participar da melhoria social. Todos podem investir numa sociedade mais justa.

Colabore financeiramente através de doação que pode ser feita à Associação Beneficente Elo Solidário, CNPJ 14.310.356/0001-36; Banco Itaú, agência 1657, conta corrente 03399-7, ou obtenha informações através do e-mail doaçõ[email protected]

Para conhecer um pouco mais sobre a Associação Elo Solidário, acesse a página: https://www.facebook.com/EloSolidario/

Algumas informações retiradas do site: http://www.oliberdade.com.br/

Radio Shiga by Cleo Oshiro Oficial Page: http://wp.radioshiga.com/programacao/

Artigo anteriorBrasil: Primeira residência presidencial de Brasília, Catetinho completa 60 anos
Próximo artigoLunna Caiado lança o CD “Festejar”
Cleo Oshiro
Sou a Cleo Oshiro, uma mineira que no ano de 2002 optou por viver no Japão com a família. Em 2010 a Revista GVK Internacional no Brasil, especializada em karaokê, me descobriu no Orkut e através da minha paixão pela música e karaokê, decidiram fazer uma matéria sobre minha vida aqui no Japão, afinal foi aqui na cidade de Kobe que ele surgiu e se espalhou pelo mundo. Com a repercussão da matéria, eles me convidaram para ser a Correspondente Internacional da revista no Japão e aceitei o desafio e não parei mais. Fui Colunista Social por 2 anos no Portal Mie/Japão, da Revista Baladas Internacional/ Suiça, na BDCiTV/EUA e na Revista Biografia/ Brasil, realizando entrevistas com várias personalidades do meio artístico. Minhas matérias são para divulgar o trabalho dos artistas, sem apelos sensacionalistas, mesmo porque meu foco é mostrar a imensidão de talentos espalhados pelo mundo sejam famosos ou não. Atualmente faço parte da equipe da Rádio Shiga, onde faço matérias artísticas e sou a idealizadora do programa musical The Best Of Brazilian Music em parceria com o Omote-san. O programa foi suspenso devido problemas interno, mas o tempo em que esteve no ar levava a música brasileira à outros países da Asia. O programa The Best Of Brazilian Music era apresentado em inglês pela DJ Shine Dory, uma filipina apaixonada pela MPB e Bossa Nova. A escolha pelo idioma foi para alcançar japoneses e estrangeiros que vivem no Japão, já que inglês é um idioma universal e os brasileiros já contavam com o acesso as informações dos artistas através das matérias publicadas por mim no site