22.2 C
Kōnan
sexta-feira, 25 de setembro de 2020

Sobe para 247 pessoas mortas no terremoto na Itália

Estatística COVID19 - Coronavírus

Total Global
Última atualização em:
Casos

Mortes

Recuperados

Active

Casos Today

Mortes Today

Critical

Affected Countries

Hospital de Tóquio está se especializando em Covid-19

Hospital de Tóquio está se especializando em Covid-19 Um hospital em Tóquio se tornou o primeiro na capital especializado no tratamento de pacientes internados para...

Oficial sul-coreano foi “morto a tiros e queimado” pela Coreia do Norte

Oficial sul-coreano foi "morto a tiros e queimado" pela Coreia do Norte A Coreia do Sul acusa tropas norte-coreanas de matarem a tiros e queimarem...

Laços entre Japão e Coreia do Sul não podem continuar tensos

Laços entre Japão e Coreia do Sul não podem continuar tensos O primeiro-ministro japonês, Suga Yoshihide, pediu ao presidente sul-coreano, Moon Jae-in, que tomasse medidas...

Trump anuncia novas sanções contra Cuba

Trump anuncia novas sanções contra Cuba O presidente americano, Donald Trump, anunciou nesta quarta-feira (23), que o governo americano impôs novas sanções a Cuba. As...

Ex-jogador de futebol Carlos Alberto se dedica a projetos assistenciais na África

Ex-jogador de futebol Carlos Alberto se dedica a projetos assistenciais na África O ex-jogador de futebol Carlos Alberto Santos de Deus, que jogou profissionalmente no...

O número de vítimas mortais do terremoto na Itália aumentou para 247, informa a agência France-Presse. Agência Sputnick Brasil

Anteriormente fora relatado sobre 159 mortos e 368 feridos. O número exato de desaparecidos ainda é desconhecido, os trabalhos de resgate não param mesmo à noite.

O número de vítimas do forte sismo no centro da Itália subiu para 247 pessoas, informa a agência local ANSA. O jornal italiano La Repubblica escreve que na noite passada foram registrados 60 réplicas, a mais forte foi de magnitude 4,5. No total, de acordo com a publicação, nas últimas 24 horas, houve pelo menos 300 eventos sísmicos. Ontem à noite, o primeiro-ministro italiano Matteo Renzi se encontrou as com equipes de resgate na área afetada pelo terremoto.

“Nenhuma família, nenhuma cidade, nenhuma aldeia será abandonada” – prometeu ele.

Renzi avisou que provavelmente o número de mortos ainda vai aumentar. O primeiro tremor de terra ocorreu na noite em 24 de agosto. Três áreas foram gravemente afetadas – Lazio, Úmbria e Marcas. O Conselho de Ministros italiano convocou uma reunião de emergência para a coordenação dos trabalhos de busca e salvamento.

Artigos relacionados

Oficial sul-coreano foi “morto a tiros e queimado” pela Coreia do Norte

Oficial sul-coreano foi "morto a tiros e queimado" pela Coreia do Norte A Coreia do Sul acusa tropas norte-coreanas de matarem a tiros e queimarem...

Laços entre Japão e Coreia do Sul não podem continuar tensos

Laços entre Japão e Coreia do Sul não podem continuar tensos O primeiro-ministro japonês, Suga Yoshihide, pediu ao presidente sul-coreano, Moon Jae-in, que tomasse medidas...

Trump anuncia novas sanções contra Cuba

Trump anuncia novas sanções contra Cuba O presidente americano, Donald Trump, anunciou nesta quarta-feira (23), que o governo americano impôs novas sanções a Cuba. As...

ÁSIA

ÚLTIMAS NOTÍCIAS - BRASIL

Pedro Pimentel apresenta o álbum “Stereotypes”

0
Pedro Pimentel apresenta o álbum “Stereotypes” O último álbum do músico Pedro Pimentel, “Stereotypes”, foi produzido, gravado, mixado pelo próprio artista, assim como a masterização....

Bolsonaro abre a 75ª Assembléia Geral da ONU

Translate »