Morre o cantor e compositor carioca Adalto Magalha. A morte foi comunicada na página do Facebook pelo irmão e parceiro musical Adilson Gavião. Adalto Magalha é compositor de sucessos que foram imortalizados por grandes ícones da MPB e compositor de Sambas de Enredo, tendo ganho por 11 vezes em várias escolas de samba no Rio como Salgueiro, Unidos da Tijuca e em São Paulo, na Rosas de Ouro. Esbanjando humildade, Adalto tinha registrado no Ecad mais de 400 composições gavadas. A MPB perde mais uma das suas jóias musicais. O  velório de Adalto Magalha foi realizado no Cemitério do Pechincha – Capela B – as 16:30 horas do dia 07/08.

SHOW ADALTO MAGALHA-FOTO ANA CELIA SANTOS-28.11 (143)Em 1986, Adalto Magalha: foi lançado pela gravadora Fama o LP “Explosão do pagode”, no qual participou ao lado de Carlos Sapato, Cláudio Camunguelo, Baita, entre outros. No LP interpretou três composições de sua autoria: “Senhor cidadão” (c/ Acyr Marques), “Fonte de energia” e “Eu gosto assim”, as duas últimas em parceria com Adilson Victor. Almir Guineto gravou em LP ainda neste ano “Super man” (c/ Almir Guineto), “Cenário” (c/ Capri e Almir Guineto), “Santo errado” (c/ Almir Guineto e Capri) e “Feito aguardente” (c/ Almir Guineto); e em 1987, em outro disco do mesmo cantor, foram gravadas “Eterno companheiro”(c/ Guará da Empresa e Almir Guineto), “Surra de açoite” (c/ Almir Guineto), e a faixa-título “Perfume de champagne” (c/ Almir Guineto e Vanilda Bazeth). Neste mesmo ano de 1987, Jovelina Pérola Negra lançou o LP “Luz do repente”, no qual incluiu “Banho de felicidade” (c/ Wilson Moreira) e “Trama” (c/ Almir Guineto).

ADALTO MAGALHA-FOTO ANA CELIA SANTOS-28.11 (11)Em 1988, compôs para a G. R. E. S. Unidos de Cabuçu o samba-enredo “Milton Nascimento, sou do mundo, sou de Minas Gerais”, em parceria com Paulinho Tapajós, Edmundo Souto, Adilson Gavião, Dudu e Sérgio Magnata.

No ano de 1989 Almir Guineto no LP “Jeito de amar” gravou algumas composições de Adalto Magalha: “Trabalho gigante” (c/ Almir Guineto e Carlos Senna), “Dura missão” (com Almir Guineto, J. Lauriano, Carlinhos Russo e Zezinho do Vale), “Lindo requebrado (c/ Almir Guineto, Beto Sem Braço e Carlos Senna), “Mãe natureza”(c/ Almir Guineto), “Lugar ao sol” (c/ Arlindo Cruz e Almir Guineto), “Grande herói” (c/ Almir Guineto, Chico Serra e Guará da Empresa), e a faixa-título “Jeito de amar”(c/ Almir Guineto). Ainda em 1989 Beth Carvalho gravou “Corda no pescoço” (Adalto Magalha e Almir Guineto). Dominguinhos do Estácio interpretou duas composições de sua autoria: “Sob os olhos de Oxalá” (c/ Pedrinho da Flor e Zé Roberto) e “Sede de amor” (c/ Pedrinho da Flor). Outra composição sua deu nome ao disco de Dominguinhos do Estácio: “Gosto de festa” (c/ Carlos Senna e Almir Guineto).

g_sambistaEm 1990, Reinaldo, no disco “Coisa sentimental”, pela gravadora Continental, incluiu “Doce lembrança”, em parceria com Almir Guineto.

No ano de 1998, o grupo Razão Brasileira gravou três parcerias suas com Pedrinho da Flor: “Medo”, Telefone” e “Eu menti”. No ano seguinte, Leci Brandão, no disco “Auto-estima”, pela gravadora Trama, interpretou “Rendição”, em parceria com Almir Guineto e Capri.

Em 2000, a Escola de Samba Tradição desfilou com um samba-enredo de sua autoria em parceria com Lourenço, “Liberdade! Sou negro, raça e Tradição”, puxado por Wantuir. No ano seguinte, ainda em parceria com Lourenço, a Tradição desfilou com o samba-enredo “O Homem do Baú – Hoje é domingo, é alegria, vamos sorrir e cantar!”, uma homenagem a Sílvio Santos.

11988650_489987804494337_5949331748938010466_nNo ano de 2002, outra vez em parceria com Lourenço, a escola Tradição desfilou com o samba-enredo “Os encantos da Costa do Sol”.

No ano de 2003 compôs com Lourenço o samba-enredo “O Brasil é penta – R é 9 – o Fenômeno iluminado”, com o qual a Tradição desfilou no carnaval. Neste mesmo ano sua composição “Banho de felicidade” (c/ Wilson Moreira), foi incluída no CD “Alma feminina”, de Eliane Faria, lançado pelo selo ICCA (Instituto Cultural Cravo Albin).

No ano de 2005, ao lado de Jorginho China, Paulinho Mocidade, Leandro Fregonesi e Eliane Faria, foi um dos convidados de Roberto Serrão em shows no bar Dama da Noite, na Lapa, show no qual lançou o CD “Samba de tradição”.

1970419_683097388422260_692980942_nSeu último disco foi “Não Vivo Sem o Samba”, sendo o quinto álbum em sua discografia. Adauto marcou de maneira extraordinária sua contribuição na nossa música, principalmente em parceria com o seu irmão o compositor, instrumentista e produtor Adilson Gavião. Eles tiveram obras maravilhosas juntos e mostraram que a ligação entre eles não era apenas os laços familiares, mas também na arte que os unia musicalmente. Adauto e Adilson são responsáveis por obras importantíssimas na MPB.

O primeiro samba enredo que Adalto venceu como compositor, foi na Unidos do Cabuçu, em 1987 Enredo “Roberto Carlos” (Grupo Especial) em Parceria com Adilson Gavião e Sérgio Magnata, depois 1988 ” O Mundo Mágico dos Trapalhões” também com a mesma parceira, Adilson Gavião, Adalto Magalha e Sérgio Magnata. Venceram em 1990 na Estácio de Sá (especial) Langsdorff Delírio na Sapucaí com a parceria Jorge Magalhães, Adalto Magalha, Adilson Gavião e Maneco.

13103361_1139398446125483_8910234442373146352_n Venceram o samba na Unidos da Tijuca “De Gama a Vasco a Epopeia da Tijuca” com parceira de Marcio Paiva, Adilson Gavião e Serginho do Porto, esse samba é considerado o segundo hino do C.R. Vasco da Gama, depois Adalto teve outros parceiros e venceu outros sambas enredos em outras escolas como Salgueiro, Tradição etc… Adalto e Adilson, tiveram inúmeras músicas gravadas “Onde o Sol se Perfuma” de (Almir Guinéto , Adilson Gavião e Adalto Magalha), gravada por Almir Guinéto, “Momentos de Prazer” também gravada por Almir Guinéto, com a mesma parceira Adalto Magalha, Adilson Gavião e Almir Guinéto, tiveram música gravada no DVD da Dorina ” Na Hora de Voltar” De autoria de Adalto e Adilson, além de ser essa música o carro chefe do CD anterior de Adalto Magalha, Arte de Perdoar gravada por Marçal em 1986 e regravada por e Adalto no qual gerou um clipe. Adilson fez parte da vida musical do irmão Adalto não só como musico, mas também como seu parceiro, assim como ele teve inúmeras músicas gravadas em parceria com Almir Guinéto, Lourenço, Pedrinho da Flor, Caprí, Delcio Luis e outros compositores. Adauto e Adilson tem inúmeras músicas inéditas em parceria.

Radio Shiga by Cleo Oshiro Oficial Page: http://wp.radioshiga.com/programacao/

Artigo anteriorHanabi de Okazaki
Próximo artigoJapão protesta contra intrusão de navios chineses em águas territoriais
Cleo Oshiro
Sou a Cleo Oshiro, uma mineira que no ano de 2002 optou por viver no Japão com a família. Em 2010 a Revista GVK Internacional no Brasil, especializada em karaokê, me descobriu no Orkut e através da minha paixão pela música e karaokê, decidiram fazer uma matéria sobre minha vida aqui no Japão, afinal foi aqui na cidade de Kobe que ele surgiu e se espalhou pelo mundo. Com a repercussão da matéria, eles me convidaram para ser a Correspondente Internacional da revista no Japão e aceitei o desafio e não parei mais. Fui Colunista Social por 2 anos no Portal Mie/Japão, da Revista Baladas Internacional/ Suiça, na BDCiTV/EUA e na Revista Biografia/ Brasil, realizando entrevistas com várias personalidades do meio artístico. Minhas matérias são para divulgar o trabalho dos artistas, sem apelos sensacionalistas, mesmo porque meu foco é mostrar a imensidão de talentos espalhados pelo mundo sejam famosos ou não. Atualmente faço parte da equipe da Rádio Shiga, onde faço matérias artísticas e sou a idealizadora do programa musical The Best Of Brazilian Music em parceria com o Omote-san. O programa foi suspenso devido problemas interno, mas o tempo em que esteve no ar levava a música brasileira à outros países da Asia. O programa The Best Of Brazilian Music era apresentado em inglês pela DJ Shine Dory, uma filipina apaixonada pela MPB e Bossa Nova. A escolha pelo idioma foi para alcançar japoneses e estrangeiros que vivem no Japão, já que inglês é um idioma universal e os brasileiros já contavam com o acesso as informações dos artistas através das matérias publicadas por mim no site