Lago de Monet, japoneses apelidam pequeno lago e vira ponto turístico. Seki, Província de Gifu, Japão – 31/07/2016.

Há quatro anos atrás, em 2012 um fotógrafo japonês (Sr. Eima) em passagem pelo local fotografou o lago que se chamava (Namonaki ike) e com essas fotos ganhou um prêmio nacional de fotografia.

Na ocasião sua foto chamou a atenção pela semelhança com as obras do célebre pintor impressionista, o francês Oscar Claude Monet (1840-1926).

Graças a essa foto o pequeno espelho d´água foi apelidado de Lago de Monet e a notícia se espalhou rapidamente na internet popularizando a sua fama.

O lago possui flores aquáticas como flor de Lótus, plantadas há 17 anos atrás pelo Sr Kobayashi, da Flower Park Itadori, localizado ao lado do lago.

Outra atração são as carpas coloridas, que ao longo dos anos vem sendo doados pelos moradores da região que não medem esforços para tornar o local mais agradável.

Hoje existem carpas coloridas com desenhos variados como coração, letra V na cabeça e cores raras como dourado e branco platina.

Atualmente o lago recebe mais de 2.000 visitantes diariamente que vem de longe para apreciar e registrar a sua beleza.

O comércio do pequeno vilarejo de Shiratani agradece, principalmente ao fotógrafo, que graças a sua foto mudou a rotina do local.

Radio Shiga Texto by Marcelo Hide, Fotos by Marcelo Hide e Mieko Murai
Artigo anteriorPolícia: Possibilidade do Japão tornar-se alvo de terroristas não pode ser descartada
Próximo artigoVilla Baggage no programa Domingo Espetacular.
Marcelo Hide
Marcelo Hideyuki Date – Brasileiro, nasceu na cidade de Presidente Prudente, Estado de São Paulo, onde começou a carreira como repórter fotográfico no jornal Oeste Notícias. Ganhou destaque na mídia nacional com a cobertura dos conflitos agrários na região conhecida como Pontal do Paranapanema, realizando trabalhos para os jornais O Estado de S. Paulo, Folha de S.Paulo, O Globo e Jornal da Tarde, além das revistas Veja, Isto É e Época. Foi convidado a trabalhar como free-lancer fixo no jornal O Estado de S. Paulo, em São Paulo, onde ficou por dois anos. Voltou ao interior, trabalhou como editor de fotografia da revista Opção. Mora no Japão desde 2001, no Estado de Aichi, onde realiza trabalhos jornalísticos desde 2012, após obter a credencial internacional de jornalista. É colaborador da mídia de notícias FotosPublicas.com , Jornal Folha de S. Paulo (Folhapress), jornal O Estado de S. Paulo (Agência Estado), revista Nikkey News e o site Japão-online. Seu foco principal é divulgar a cultura e curiosidades do Japão e mostrar o que os brasileiros fazem aqui do outro lado do mundo.