25.6 C
Kōnan
sexta-feira, 10 de julho de 2020

Fazendeiro cria jardim em dois anos para alegrar esposa cega no Japão

Estatística COVID19 - Coronavírus

Total Global
Última atualização em:
Casos

Mortes

Recuperados

Active

Casos Today

Mortes Today

Critical

Affected Countries

Japão e EUA confirmam estreita cooperação na questão da Coreia do Norte

Japão e EUA confirmam estreita cooperação na questão da Coreia do Norte Diplomatas seniores japoneses e americanos confirmaram uma estreita cooperação no trato com a...

Regulador Nuclear exige que a TEPCO esclareça as responsabilidades

Regulador Nuclear exige que a TEPCO esclareça as responsabilidades O regulador de energia nuclear do Japão exigiu que a Tokyo Electric Power Company - TEPCO...

Prefeito de Seul encontrado morto após desaparecimento

Prefeito de Seul encontrado morto após desaparecimento A polícia sul-coreana informa que o prefeito de Seul foi encontrado morto. A polícia diz que o prefeito, Park...

A forte chuva no Japão deverá continuar até domingo (12)

A forte chuva no Japão deverá continuar até domingo (12) Chuvas torrenciais continuam a atingir a região de Kyushu, que tem registrado recordes de precipitações...

Veados de Nara voltam à natureza depois que os turistas desaparecem

Veados de Nara voltam à natureza depois que os turistas desaparecem Pesquisadores japoneses informam que os icônicos veados no Parque Nara, na antiga capital japonesa...

Uma prova de amor virou ponto turístico na pequena cidade japonesa de Shintomi. Imagem: Divulgação Rocket News

Foi nesse local que um fazendeiro dedicou dois anos da sua vida para trabalhar no jardim da sua casa e transformá-lo em um tapete de flores rosas que atrai cerca de 7 mil visitantes todos os anos. Segundo o site Rocket News, o Sr. Kuroki se motivou para plantar as flores depois que a sua mulher ficou cega em decorrência de complicações causadas pela diabetes.

A impossibilidade de enxergar interrompeu o sonho dele e da Sra. Kuroki, que se casaram em 1956 e planejavam viajar pelo Japão depois que se aposentassem. A mulher ficou cega depois de 30 anos de casamento e o problema a fez ficar reclusa em casa. Seu marido decidiu plantar flores conhecidas como shibazakura no entorno da sua residência pois elas proporcionavam uma boa experiência não só para a visão, como também para o olfato.

O jardim ficou pronto há mais de uma década e, segundo o Rocket News, fez a Sra. Kuroki sair de casa e voltar a sorrir. Pessoas de cidades vizinhas visitam a plantação de flores e podem também encontrar o casal de fazendeiros, que com frequência é visto caminhando junto no terreno. Assista vídeo com imagens do jardim:

Artigos relacionados

Japão permitirá aglomerações maiores apesar do aumento do número de casos do coronavírus chinês

Japão permitirá aglomerações maiores apesar do aumento do número de casos do coronavírus chinês O governo japonês prosseguirá com os planos para aliviar as restrições...

Japão e EUA confirmam estreita cooperação na questão da Coreia do Norte

Japão e EUA confirmam estreita cooperação na questão da Coreia do Norte Diplomatas seniores japoneses e americanos confirmaram uma estreita cooperação no trato com a...

Regulador Nuclear exige que a TEPCO esclareça as responsabilidades

Regulador Nuclear exige que a TEPCO esclareça as responsabilidades O regulador de energia nuclear do Japão exigiu que a Tokyo Electric Power Company - TEPCO...

ÁSIA

ÚLTIMAS NOTÍCIAS - BRASIL

SAAB inicia a produção do Gripen no Brasil

0
SAAB inicia a produção do Gripen no Brasil A SAAB Aeronáutica Montagens (SAM), primeira fábrica de aeroestruturas da SAAB fora da Suécia para o novo...
Translate »