Israel Soler lança seu novo CD Girassóis. ISRAEL SOLER começou sua carreira musical tocando com amigos. Os primeiros acordes foram aprendidos junto a eles, que logo vieram a formar as primeiras bandas em que tocou. Esse começo se deu aos 18 anos de idade, o ano era 1992. Com uma dessas bandas chegou a gravar um CD em 1997. Logo a banda se desfez e Israel Soler começou a trilhar sozinho o caminho musical.

1271722_10200309659018720_916936197_o

Gravou alguns Cds demo e participou de Festivais. Apresentou-se em Casas de Culturas de Santo Amaro e em algumas Unidades do CÉUS. Em uma delas foi chamado para participar do projeto Instituto Ressoar com a apresentação de Karina Bacchi e o Humorista Santos.
Apresentou-se recentemente na TV ABERTA com Atilio Bari divulgando seu novo trabalho intitulado GIRASSÓIS, ao qual têm no seu repertório 15 músicas, todas autorais e com duas parcerias de Sarah Cristina (filha) e Renato Vaz, nas musicas Eu ando por ai e Sarah.11234977_10203900010855272_4420238495545487088_o

O CD GIRASSÓIS vêm recheado de boa musica e com uma variação de estilos e arranjos de altíssimo nível, pois as letras falam sobre: amor, solidão, amizade, fala das aflições do dia a dia e de dias melhores, enfim fala sobre o cotidiano e os relacionamentos que desenvolvemos ao logo deste. O som vem com as vertentes da boa, rica, vasta e tão nossa MPB. Um disco gostoso de se ouvir e curtir bons momentos a dois ou entre amigos, pois o CD vem com muito swing e muita melodia, com arranjos bem elaborados e com pitadas de romantismos e poesias.

Radio Shiga by Cleo Oshiro

Flyer Israel Red 1

 

Artigo anteriorEntenda o rito do processo de impeachment
Próximo artigoCelia Correia: Divulgando a Cultura Brasileira no Japão
Cleo Oshiro
Sou a Cleo Oshiro, uma mineira que no ano de 2002 optou por viver no Japão com a família. Em 2010 a Revista GVK Internacional no Brasil, especializada em karaokê, me descobriu no Orkut e através da minha paixão pela música e karaokê, decidiram fazer uma matéria sobre minha vida aqui no Japão, afinal foi aqui na cidade de Kobe que ele surgiu e se espalhou pelo mundo. Com a repercussão da matéria, eles me convidaram para ser a Correspondente Internacional da revista no Japão e aceitei o desafio e não parei mais. Fui Colunista Social por 2 anos no Portal Mie/Japão, da Revista Baladas Internacional/ Suiça, na BDCiTV/EUA e na Revista Biografia/ Brasil, realizando entrevistas com várias personalidades do meio artístico. Minhas matérias são para divulgar o trabalho dos artistas, sem apelos sensacionalistas, mesmo porque meu foco é mostrar a imensidão de talentos espalhados pelo mundo sejam famosos ou não. Atualmente faço parte da equipe da Rádio Shiga, onde faço matérias artísticas e sou a idealizadora do programa musical The Best Of Brazilian Music em parceria com o Omote-san. O programa foi suspenso devido problemas interno, mas o tempo em que esteve no ar levava a música brasileira à outros países da Asia. O programa The Best Of Brazilian Music era apresentado em inglês pela DJ Shine Dory, uma filipina apaixonada pela MPB e Bossa Nova. A escolha pelo idioma foi para alcançar japoneses e estrangeiros que vivem no Japão, já que inglês é um idioma universal e os brasileiros já contavam com o acesso as informações dos artistas através das matérias publicadas por mim no site