Homem mais velho do mundo morre no Japão aos 112 anos

O japonês Sakari Momoi, que ostentava oficialmente o título de homem mais velho do mundo, faleceu aos 112 anos, informaram nesta terça-feira (7) as autoridades de Saitama, ao norte de Tóquio. Ele era reconhecido pelo Grupo de Pesquisa Gerontológica do Guinness (uma comissão de pesquisadores que verificam e monitoram os supercentenários).
O recorde de longevidade provada pertence à francesa Jeanne Calment, falecida em 1997 aos 122 anos.